Conheça os Suplementos no Déficit de Atenção e Hiperatividade

A desordem de hiperatividade e déficit de atenção é classificado como um transtorno do neurodesenvolvimento.

O TDAH é caracterizado por sintomas de hiperatividade, falta de atenção, impulsividade. Muita gente pensa que o tratamento é a medicação, só que na verdade a eficácia do tratamento do TDAH e desses sintomas passa justamente pela modificação de estilo de vida, pela adoção de atividade física, de alimentação balanceada, de sono adequado, de massagem e outras terapias.

Pode incluir terapia psicológica, pode incluir meditação, pode incluir yoga, pode incluir até a medicação. Mas a medicação sozinha, como metilfenidato, não vai fazer milagre.

Em relação aos suplementos, existem vários sendo pesquisados para tratamento do TDAH, como o pycnogenol, valeriana, pacopa moniere, ginseng, o hipérico, a rodiola rosea, vitaminas, minerais, mas de novo, não é milagre.

Esses compostos entram também dentro de uma perspectiva de autocuidado diário, autocuidado que a gente tem que ter sempre durante toda a vida.

Entre os fitoterápicos mais estudados está o pcynogenol. Ele aumenta a produção de óxido nítrico, modulando a liberação de neurotransmissores, como dopamina e norepinefrina.

Já a valeriana é uma planta com efeitos sedativos, que é muito utilizado para quando a pessoa está muito inquieta, muito ansiosa. A valeriana contém ácido valerênico, que aumenta os receptores de gaba e neurotransmissores com efeito calmante.

Assista o vídeo completo sobre Suplementos no Déficit de Atenção e Hiperatividade

Matéria da Nutricionista Andreia Torres

Veja Também:

Pycnogenol no TDAH

Formação Suplementação para Nutris – Da Teoria à Prática Clínica

Importante:

As informações do site não substituem aconselhamento individualizado, nem tratamentos adequados para seu caso. As dicas de saúde possuem finalidades puramente educacionais e não devem ser usadas em substituição aos cuidados propostos por seu nutricionista, médico ou outros profissionais de saúde.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário

*

Seja o primeiro a comentar!