Como Reduzir a Homocisteína

Vamos falar de um aminoácido que muitos de vocês só se preocupam quando aparece aumentada nos exames de sangue.

Anúncios

Estamos falando da homocisteína! E quem é ela? 

A homocisteína é um aminoácido não presente na nossa dieta. Ela é sintetizada em nosso corpo através da metionina (um aminoácido predominantemente presente em carnes, ovos e lácteos).

Geralmente temos níveis baixos de homocisteína no sangue porque ela tem um metabolismo muito rápido, onde a vitamina B12 e o folato utilizam ela para regenerar metionina e a vitamina B6 converte ela em cisteína (um outro aminoácido).

E por que a homocisteína aumenta?

Temos alguns fatores envolvidos, sendo os principais:

Anúncios
  • Deficiência de B6, folato e B12 (que regulam o metabolismo da homocisteína);
  • Veganos e vegetarianos tem que sempre rastrear folato e B12 nos exames de sangue;
  • O tabagismo;
  • Excesso de bebida alcoólica;
  • Algumas doenças intestinais;
  • Uso de alguns medicamentos como corticoides, diabetes e até mesmo hipotireoidismo.

Pessoas com um polimorfismos genéticos no gene MTHFR também podem apresentar valores mais altos de homocisteína. E já estou preparando um posto somente sobre o MTHFR.

E por que é um problema termos um aumento da homocisteína?

Quando temos um acúmulo de homocisteína no sangue, aumenta-se o risco para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares e também podemos ter um comprometimento em funções cognitivas e complicações neurológicas.

Basicamente aumenta o risco para tudo que é desgraça. A homocisteína, quando em excesso, interfere no jeito com que as células utilizam oxigênio, resultando em um aumento na produção de radicais livres.

Esses radicais livres podem oxidar gorduras como o LDL por exemplo, e contribuir para aumentar a formação de placas de ateroma (que pode crescer e obstruir uma artéria cardíaca por exemplo, causando infarto.

Anúncios

Além disso, se temos uma homocisteína alta no sangue, geralmente isso é acompanhado de uma baixa de B12, acido fólico e B6.

Entao fica de olho e faça seus exames, embora existem alguns outros nutrientes para olharmos, esses são os principais!

doi: 10.3390/ijms21207698

Matéria do Nutricionista Felipe Rossini

Receba Atualizações no Canal do Telegram
5/5 - (1 vote)

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe seu comentário:

Seja o primeiro a comentar!