Creatina e Saúde Cerebral – Conheça a Ligação

Por Andreia Naves – No contexto da saúde muscular, a suplementação de creatina atua tanto como substância ergogênica quanto recurso terapêutico.

Anúncios

Porém, além desses efeitos e mecanismos bem descritos, a literatura também sugere que a creatina pode ser benéfica para a saúde cerebral.

Embora a maior parte da creatina corporal seja encontrada no músculo esquelético, o cérebro também é um tecido com metabolismo altamente ativo, no qual é responsável por até 20% do consumo total de energia do corpo

. A creatina quinase, enzima envolvida no sistema da fosfocreatina, também é expressa em uma forma específica no cérebro, sugerindo que a creatina pode ser relevante para o fornecimento de energia para o sistema nervoso central.

Potencialmente, a suplementação de creatina pode melhorar a cognição, especialmente em condições onde há um déficit de creatina a nível cerebral, que podem ser induzidos por eventos agudos, como exercícios e privação de sono ou condições patológicas, como a doença de Parkinson e a depressão.

creatina e saúde cerebral

Anúncios

O cérebro pode sintetizar creatina por meio de um complexo enzimático presente no sistema nervoso, além da produção endógena dos astrócitos. Já a creatina proveniente da dieta depende dos transportadores localizados na barreira hematoencefálica, nos neurônios e células dendríticas.

Em um âmbito patológico, a doença de Parkinson é caracterizada pela perda progressiva dos neurônios dopaminérgicos, que culmina em prejuízos cognitivos e motores. Isso acontece em decorrência de distúrbios mitocondriais, levando a disfunção destas organelas. Neste sentido, a suplementação de creatina poderia ser uma intervenção eficaz para restabelecer a homeostase mitocondrial.

Em estudos conduzidos em modelo animal, a suplementação de creatina também apresentou efeito neuroprotetor, por proteger contra a perda de neurônios.

Contudo, até o momento, os protocolos são heterogêneos e faltam estudos que indiquem doses mais específicas.

ROSCHEL, Hamilton et al. Creatine Supplementation and Brain Health. Nutrients, v. 13, n. 2, p. 586, 2021.

Anúncios

Acesse também outra matéria sobre Creatina! Creatina, o Suplemento mais Seguro..Acesse.

*PDN

Vote post

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe seu comentário:

Seja o primeiro a comentar!