Cuidado ao Avaliar Exames em Mulheres e Aprenda a como Pedir

Cuidado ao Avaliar Exames em Mulheres e Aprenda a como Pedir – Por Léo Borba

Anúncios

Solicitar exames e analisar exames em mulheres é completamente diferente de homens. É complexo.

Quantas mulheres chegam no seu consultório com a progesterona baixa? Várias né? Isso porque mediram no mesmo dia que foram avaliar o estradiol.

Estradiol se mede por volta do 3° dia do ciclo junto ao FSH para avaliar se há um indício de envelhecimento ovariano.

Já a progesterona se mede por volta do 21° dia do ciclo, na fase lútea, após ovulação que é quando o hormônio se eleva, pois se medir na fase folicular estará naturalmente e fisiologicamente baixa.

Anúncios

Se for profissional da saúde, especifique o dia da coleta de cada hormônio no receituário.

Já os antimullerianos não sofrem tanta alteração com o dia do ciclo.

Hemograma, ferritina, saturação da Transferrina e nutrientes presentes no sangue como zinco, B9, B12, etc.. deveriam ser medidos sempre no mesmo dia do ciclo ao refazer porque se a mulher faz um exame 2 dias antes de menstruar na 1a consulta e chega com bons níveis de hemoglobina, hematócrito, saturação da Transferrina, entre outros e no retorno da consulta fez outro exame após menstruar ela perdeu sangue e se tiver fluxo menstrual intenso como ocorre na endometriose, ela tem seus níveis de hemoglobina, hematócrito, saturação da Transferrina, ferritina e nutrientes do sangue depletados e menores. Assim, perdemos o parâmetro de avaliação inicial.

Há mulheres com anemia pós menstruação e sem anemia pré menstruação.

Se ver exames em mulheres pré menstruação deve ser sempre pré menstruação porque assim ela teve vários dias para recuperar nutrientes e aumentar sua hemoglobina.

Mas se mediu uma vez logo após a menstruação, você está medindo a fase mais depletada nutricional e de sangue da mulher e se medir depois no 2°exame o ideal seria medir nesse dia para não perder o parâmetro de avaliação.

Anúncios

Se medir a testosterona após a menstruação está mais baixa do que se medir por volta do 14° dia na fase ovulatória, pois o estradiol que se eleva na fase folicular vai estimular o pulso do LH para induzir a síntese de testosterona.

Então, dependendo do dia que você avalia o exame na mulher, os valores mudam e assim não consegue analisar de forma assertiva.

Leia Também:

Mulheres Fiquem Atentas a sua Hemoglobina

Vote post

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe seu comentário:

Seja o primeiro a comentar!