Deficiência de Vitamina B12

 Por Fernanda Nahas – A deficiência de vitamina B12 deveria ser considerado um problema de saúde pública, já que sua carência pode gerar quadros de anemia, fadiga, letargia, fraqueza, perda de memória, falta de ar e apetite, anemia e problemas neurológicos e psiquiátricos.

Anúncios

Ela está envolvida no metabolismo celular e é crucial em diversos processos, como a síntese do nosso DNA, na formação de glóbulos vermelhos e produção de energia.

A sua absorção e metilação é um processo complexo e existem diversos fatores que reduzem a nosso capacidade de absorção, principalmente os distúrbios gástricos, já que ela depende do fator intrínseco, uma glicoproteína produzida no estômago, para ser absorvido no intestino.

Alerta para:

  •  Doenças Autoimunes;
  •  Leaky Gut;
  •  Colite Ulcerativa;
  •  Doença de Crohn e Celíaca;
  • Super crescimento bacteriano (SIBO);
  •  Infecção por H Pylori;
  •  Uso prolongado de medicamentos gástrico (família dos “prazóis”);
  •  Dietas sem consumo de carne animal;
  •  Mutações genéticas (MTHFR);
  • Cirurgias Bariátricas;
  •  Alcoolismo.

Ao contrário do que muitos pensam a B12 não vem de fonte animal e sim das bactérias presentes no intestino de animais.

Anúncios

Vivemos em um mundo muito mais esterelizado e já não conseguimos consumir esta bactéria no mundo vegetal.

  • Veganos e vegetarianos precisam suplementar e para idosos e crianças precisamos estar atentos.

Confere alguns sintomas mais clássicos:

  • Dificuldades neurológicas: Nevoa mental, uma memória ruim e se estiver enfrentando dificuldade de concentração;
  • Fadiga;
  • Cabelos ralos e grisalhos;
  • Dores crônicas articulares e musculares;
  • Infertilidade;
  • Apresentar anemia e níveis elevados de homocisteína nos exames de sangue ( ligado a doenças cardiovasculares e problemas como osteoporose e Mal de Alzheimer).

Recentemente, um estudo da Fiocruz indicou que ela também ajuda no tratamento da covid-19.

Eai, faz quanto tempo que você não confere seus niveis de b12?

Leia Também: Vitamina B12 intramuscular ou sublingual?

Vote post

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe seu comentário:

Seja o primeiro a comentar!