Gestante pode Comer Comida Japonesa?

Por Fernanda Serpa – Pode, mas não deve!⁣ ⁣
O peixe cru, típico da culinária japonesa, não transmite toxoplasmose (só carne bovina e suína quando contaminadas, se cruas ou mal passadas). ⁣
Gestante pode Comer Comida Japonesa?

Anúncios

Então, por que não deve?⁣

Pela possibilidade de contaminação por outros microrganismos (ex listeria ou salmonela) com potencial patogênico e que não são inativados pela cocção;⁣

Pela quantidade de açúcar usado nas preparações! Açúcar? Isso mesmo! O açúcar está presente do sunomono ao arroz sushi! Atenção especial para as gestantes com ganho de peso acima do recomendado e glicemia alterada!⁣

Pelo excesso de sódio! É difícil encarar uma comida japonesa sem o acompanhamento do molho shoyu. Não se engane: mesmo o shoyu light ou usando pouco, a quantidade de sódio é grande. Atenção especial para as gestantes com alguma desordem hipertensiva ou que esteja muito inchada (edemaciada)!⁣

Pela maior possibilidade de contaminação por mercúrio que alguns peixes grandes apresentam, como o atum.

Por isso, poder pode, mas evite ou limite o consumo durante a gestação.

Vote post

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe seu comentário:

Seja o primeiro a comentar!