Nutrição no Paciente com Alzheimer

Por Emília Miranda

Anúncios

A doença de Alzheimer (DA) é uma doença degenerativa, caracterizada por perdas nas funções cognitivas que afetam linguagem, memória, coordenação e atenção. É a demência mais incidente em idosos.

A perda de peso é frequente e ocorre em aproximadamente 40% dos casos, em todos os estágios da doença. Apresentando elevado risco de desnutrição e também desidratação.
Alterações na deglutição também prejudicam a ingestão alimentar.

Anúncios

É importante o acompanhamento nutricional, a fim de promover adequação do fracionamento das refeições, consistência dos alimentos e oferta diária de vitaminas e minerais, considerando as condições fisiológicas atuais do paciente.

Os pacientes devem receber oferta adequada de líquidos ao longo do dia, visto que quando desidratadas, acabam por se tornar ainda mais confusas, irritadas, cansadas e obstipadas, podendo até mesmo agravar o seu quadro clínico.

Vote post

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe seu comentário:

Seja o primeiro a comentar!