O que Devemos Evitar em uma Consulta Nutricional

O que Devemos Evitar em uma Consulta Nutricional – Por Fernanda Serpa

Para exercermos um relacionamento mais empático e obtermos melhor adesão dos nossos pacientes, escute mais e fale menos!

Exerça uma escuta ativa com comunicação não violenta!

Como:

1-) Evite críticas demasiadas! Seu paciente não é obrigado a saber que gelatina não é um produto saudável, por exemplo. Ao invés de criticá-lo, informe, dê outras opções e até rodizie com outros alimentos, se for o caso.

2-) Evite excesso de informações em uma só consulta. Essa atitude pode parecer válida, mas pouco será realmente fixado e aderido mediante o excesso de informações. Trace metas a serem trabalhadas a cada retorno. As vezes, menos é mais!

3-) Evite dificultar a vida do seu paciente. Ouça as suas dificuldades e limitações. Vá aos poucos! Se ele melhorar 30% do que é feito já haverá ganho! A cada consulta tente evoluir nas suas prescrições.

4-) Evite planos alimentares que não se adequem às condições financeiras do seu paciente. Cereja, salmão, arroz negro, pistache, etc são alimentos maravilhosos, mas seu paciente pode comprar? Com certeza haverá outros de igual ou parecido valor nutricional que se encaixem no orçamento.

Sabe o que isso tudo significa? Sua prescrição sairá do papel!

Baixe

Suplementos Alimentares na Prática do Nutricionista

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário

*

Seja o primeiro a comentar!