Aguarde, carregando o site...

Os Maiores Mitos sobre Psoríase

A Psoríase é um problema que afeta muita gente e infelizmente é rodeado de Mitos que prejudicam, de alguma forma, o tratamento dessa Doença.

Anúncios

Seja porque afasta o paciente de encontrar a solução correta, ou porque o constrange devido a falta de conhecimento de outras pessoas.⁣

Hoje eu vou quebrar os maiores mitos que eu já ouvi sobre Psoríase, pois acredito que informação correta é primeiro passo para a remissão:⁣

“A 𝐏𝐒𝐎𝐑Í𝐀𝐒𝐄 É 𝐂𝐎𝐍𝐓𝐀𝐆𝐈𝐎𝐒”⁣

MITO! A psoríase é uma Doença Autoimune que tem como conseqüência atacar a pele. Ela não é transmitida para outras pessoas por contatol;⁣

” 𝐀 𝐏𝐒𝐎𝐑Í𝐀𝐒𝐄 𝐏𝐎𝐃𝐄 𝐒𝐄𝐑 𝐂𝐀𝐔𝐒𝐀𝐃𝐀 𝐏𝐎𝐑 𝐌Á 𝐇𝐈𝐆𝐈𝐄𝐍𝐄”⁣

MITO! A Psoríase ataca o sistema imunológico e não tem como ser contraída ou piorar pior por conta da higiene pessoal;⁣

“𝐀𝐒 𝐋𝐄𝐒Õ𝐄𝐒 𝐍𝐀 𝐏𝐄𝐋𝐄 𝐒Ã𝐎 𝐏𝐀𝐒𝐒𝐀𝐆𝐄𝐈𝐑𝐀𝐒”⁣

MITO! Infelizmente as lesões não serão passageiras se o tratamento não atacar a raiz do problema.. Pelo fato de muitas não conhecerem o tratamento correto, essas pessoas acabam realizando tratamentos que não ajudam em nada a tratar a real causa do problema, e o pior: esses tratamentos podem até piorar e aumentar a quantidade de lesões na pele;

“𝐏𝐎𝐌𝐀𝐃𝐀𝐒 𝐒Ã𝐎 𝐀 𝐒𝐎𝐋𝐔ÇÃ𝐎”⁣

MITO! A Psoríase é uma doença que atinge o intestino! E por conta disso, fazer apenas um tratamento tópico, com pomadas, só vai te fazer gastar dinheiro e perder tempo passando toneladas de cremes todos os dias. De novo, o problema está no Intestino! Se trata de dentro para fora⁣.

“𝐀 𝐏𝐒𝐎𝐑Í𝐀𝐒𝐄 É 𝐔𝐌𝐀 𝐃𝐎𝐄𝐍Ç𝐀 𝐃𝐄 𝐏𝐄𝐋𝐄”⁣

MITO! A Psoríase, por ser uma Doença Autoimune, atinge o corpo inteiro! Ela atinge o intestino e outros órgãos, não apenas a pele. As lesões na pele, por sua vez, são apenas a consequência do problema.⁣

E você? Quais outros mitos vc já escutou sobre Psoríase por aí?⁣

O que você já fez ou deixou de fazer para tentar tratar a Psoríase?⁣

Compartilhe e me ajuda a espalhar a quebra desses Mitos sobre a Psoríase!⁣

Leia Também:

Psoríase – Qual a Causa?

Matéria da Nutricionista Rafaela Kherlakian

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo