Relação do Intestino e a Dor da Endometriose

Como o Intestino influencia a dor na endometriose

Anúncios

Quando se trata de endometriose, compreender o papel do intestino é fundamental para entender a dor associada a essa condição.

A interação entre intestino e cérebro: O Gut-Brain

Você já ouviu falar do Gut-Brain? Trata-se de uma fascinante conexão de comunicação entre o intestino e o sistema nervoso central. Através de mecanismos complexos, como a microbiota intestinal, o sistema imunológico e as vias neurais, essa relação influencia diretamente a forma como nosso organismo responde a estímulos dolorosos.

Disbiose e o Papel do Estrogênio na Dor

A microbiota intestinal desempenha um papel crucial no metabolismo do estrogênio. Estudos revelam que em mulheres com endometriose, há um aumento na quantidade de bactérias produtoras de β-glucuronidase, uma enzima responsável pela ativação do estrogênio.

Anúncios

Isso significa que a disbiose intestinal pode levar ao aumento dos níveis de estrogênio ativo, que por sua vez pode ser transportado para áreas como o endométrio.

Além disso, o metaboloma, que abrange os metabólitos produzidos no intestino, e é influenciado pela atividade microbiana, também desempenha um papel no aumento da produção de estrogênio.

Modulação da Microbiota para Aliviar a Dor

A boa notícia é que a modulação cuidadosa da microbiota intestinal tem se mostrado uma estratégia promissora no tratamento da dor em mulheres com endometriose.

Ao equilibrar a composição da microbiota, é possível reduzir os níveis de estrogênio ativo e diminuir a estimulação das fibras nervosas, proporcionando alívio para a dor nociceptiva.

Anúncios

Um Novo Caminho no Tratamento

Compreender a complexa relação entre intestino, estrogênio e dor na endometriose abre novas perspectivas de tratamento.

Deixe seu comentário se você está em busca de soluções para a dor da endometriose em suas pacientes. Estou aqui para apoiá-lo nessa jornada de entregar soluções eficazes.

doi: 10.3390/ijms232113267
doi: 10.1093/humupd/dmab035

Relação do Intestino e a Dor da Endometriose

Matéria da Nutricionista Marina Nova

Saiba Mais sobre o Programa Endometriose
Vote post

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe seu comentário:

Seja o primeiro a comentar!