Sinais de Inflamação Intestinal

Quando falamos de inflamação intestinal, geralmente estamos nos referindo a uma tríade importante que envolve aumento da permeabilidade intestinal, alteração da microbiota intestinal e aumento de marcadores inflamatórios.

Essa combinação resulta em diversos sinais e sintomas que afetam a qualidade de vida dos pacientes:

• Distensão abdominal;

• Gases com odor desagradável;

• Desconforto abdominal (hipersensibilidade visceral);

• Sensibilidades alimentares múltiplas;

• Queda da imunidade e infecções recorrentes;

• Presença de muco nas fezes (sem sangue, pus ou febre);

• Sintomas extraintestinais, como fadiga extrema, queda de cabelo e até enxaqueca.

Embora esses sinais e sintomas sejam inespecíficos, eles indicam que algo está errado no intestino e que é necessário buscar ajuda.

Entre as possibilidades de tratamento, após uma cuidadosa avaliação do paciente, podemos considerar:

– Dieta do Mediterrâneo ou dieta Low FODMAP;

– Chás de calêndula, camomila, manjericão, erva-doce, gengibre ou hortelã;

– Suplementação com colágeno e glutamina;

– Consumo de ômega 3;

– Uso de berberina;

– Utilização de quercetina;

– Incorporação de cúrcuma longa;

– Suplementação com um mix de vitaminas e minerais, como vitamina D, zinco, ferro e metilfolato;

– Cuidados com a saúde mental: esse é o aspecto mais desafiador, mas fundamental para o controle da saúde intestinal. Nossos pensamentos são a principal fonte de estresse. É um processo contínuo de auto-observação e autorreflexão.

Para mim, que sofro de intestino irritável, estou sempre atenta à minha saúde intestinal. Meu maior desafio, sem dúvida, é controlar a ansiedade. E você, como faz para cuidar da sua saúde intestinal?

Sinais de Inflamação Intestinal

Matéria da nutricionista Vânia Mattoso

Veja Também:

Sobre Envelhecimento e Microbiota Intestinal

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe seu comentário:

Seja o primeiro a comentar!