Sinais que suas Bactérias Intestinais Precisam de Cuidado

Sinais que suas Bactérias Intestinais Precisam de Cuidado – Por Karina Al Assal

Ok, todo mundo aqui já entendeu que a saúde intestinal é importante.

Mas COMO IDENTIFICAR sinais de que as coisas não vão bem? Além dos desconfortos abdominais, é claro

Existem muitos sinais, mas nesse post separei 3 além do clássico “problemas digestivos”.

ESTRESSE CRÔNICO

Não apenas o estresse crônico leva a problemas intestinais, como os problemas intestinais nos causam estresse. O efeito do estresse em nosso sistema digestivo é graças a algo chamado eixo intestino-cérebro (volta alguns posts para ver o que eu já escrevi sobre isso).

Isso significa que, quando o estresse e a tensão são percebidos no cérebro, eles são imediatamente passados para o intestino, onde sentimentos surgirão e prejudicarão as bactérias que ali residem.

ANSIEDADE e DEPRESSÃO

Como falado anteriormente, um intestino com problemas envia sinais para o cérebro, assim como um cérebro com problemas pode enviar sinais para o intestino.

Portanto, o desconforto estomacal ou intestinal de uma pessoa pode ser a causa ou o produto da ansiedade ou depressão.

Isso porque o cérebro e o sistema gastrointestinal (GI) estão intimamente conectados. Está ansioso ou se sentindo mais triste do que o comum? Olhe para o seu intestino.

ACNE

De fato, um estudo descobriu que 54% das pessoas com acne também apresentavam um desequilíbrio intestinal em suas bactérias.

A boa notícia é que tratar o seu intestino pode ajudar a melhorar a acne e outros problemas de pele. Estudos mostram que os probióticos podem ajudar seu corpo a combater bactérias ruins, equilibrar seu intestino e reduzir sua acne.

Quer começar de fato a dar um tratamento individualizado para o seu intestino? Clica no link da bio para mais informações sobre agendamentos e consultas.

Leia Também:

Shake para Intestino e Ansiedade

Conheça:

Multi Fibras – Vitamine-se

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe seu comentário:

Seja o primeiro a comentar!