Sobre Diabetes Gestacional

De forma resumida, o diabetes gestacional pode ser definido como algum grau de intolerância à glicose reconhecido após o início da gravidez.

Anúncios

O rastreamento é feito dentro do controle do pré-natal, através de um teste de tolerância oral à glicose, e o diagnóstico é feito pelo médico que acompanha a gestante.

Quais são os riscos para o bebê?

– macrossomia (bebês muito grandes), risco de hipoglicemia e hiperbilirrubinemia, malformações e risco de morte intra-útero, risco de diabetes e obesidade ao longo do crescimento da criança, além de ser fator de risco para mortalidade neonatal.

Muitas vezes, a glicemia da mãe se normaliza após o parto, e a amamentação por período maior que 3 meses está associado com a redução no risco de desenvolver o DM2 após alguns anos.

Anúncios

A atividade física orientada por um profissional especializado ajuda no controle glicêmico e de vários outros sintomas, assim como uma dieta equilibrada e controlada por nutricionista, com redução de carboidratos simples, aumento do consumo de fibras, vitamina D, zinco, magnésio e cromo ajuda no controle glicêmico.

Nem sempre é necessário o uso de hipoglicemiantes, mas se necessário, há medicamentos seguros que poderão ser prescritos pelo seu médico.

O que comer?

Frutas, legumes, nozes, peixes, reduzir o consumo de carnes vermelhas e processadas e reduzir os ultraprocessados e bebidas açucaradas.

Quer uma orientação personalizada? Agende sua consulta !

Anúncios

REFERENCIAS:
J Acad Nutr Diet . 2020 Jan;120(1):69-85.e7. doi: 10.1016/j.jand.2019.07.021
J Perinatol . 2020 Feb;40(2):232-239. doi: 10.1038/s41372-019-0516-5
DIRETRIZES DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE DIABETES 2019-2020

Sobre Diabetes Gestacional

Matéria da nutricionista Izabella Brom

Ebook 50 Receitas no Controle da Glicemia
Vote post

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe seu comentário:

Seja o primeiro a comentar!