Uso do Mel pode Melhorar a Mucosite

Uso do Mel pode Melhorar a Mucosite – Por Alice Pinho

Anúncios

A mucosite, efeito colateral comum na quimioterapia e radioterapia, é definida como lesões inflamatórias e/ou ulcerativas da via oral e/ou gastrointestinal.

Esse sintoma causa dor e desconforto em muitos pacientes e pode prejudicar a capacidade de se alimentar, deglutir e falar.

Pode comprometer a qualidade de vida, aumentar hospitalização e até mesmo interrupção de tratamento. Por isso, alterações na dieta e administração de medicamentos são importantes.

Um estudo avaliou o uso de mel para reduzir a gravidade da mucosite oral induzida por radioquimioterapia.

Anúncios

O mel possui efeitos profiláticos e terapêuticos na mucosite e os resultados desta meta-análise indicaram que o mel diminuiu significativamente o grau de mucosite e cicatrizou eficientemente a mucosite oral em pacientes que receberam radioquimioterapia.

O uso clínico do mel na mucosite teve boa aceitação pelos pacientes e ofereceu uma alternativa para aliviar a dor.

Esse estudo mostrou que o mel pode diminuir o grau de mucosite e impedir sua progressão, o que pode aumentar a disposição dos pacientes em continuar sua radioquimioterapia.

O tratamento com mel gerou uma recuperação mais rápida, o que poderia reduzir o tempo de internação. Além disso, com um processo de cicatrização mais indolor, os pacientes poderiam ter uma melhor ingestão alimentar.

O mel é saboroso, relativamente barato e facilmente disponível. Foi recomendado então o uso de mel durante e após a radioquimioterapia para prevenir e tratar a mucosite.

Referência:

Rev Bras Otorrinolaringol 2007;73(4):562-68.
Supportive Care in Cancer, v. 27, n. 7, p. 2361–2370, 2019.
10.1007/s00520-019-04722-3.

Anúncios

Leia Também:

Você limpa sua geladeira?

Vote post

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe seu comentário:

Seja o primeiro a comentar!