Pular para o conteúdo

Vitamina D e Reserva Ovariana

Por Janainna Mazelli – Vitamina D e Reserva Ovariana – O hormônio anti-mulleriano é um marcador de #reservaovariana mais sensível utilizado na prática clínica.

Sabemos, até o momento, que não há formas de aumentar nossa reserva ovariana, porém, os estudos mais recentes mostram uma relação muito importante entre níveis de vitamina D e o resultado do anti-mulleriano.

Diminuição de vitamina D tende a causar redução nos valores deste exame, assim como a reposição pode melhorar os níveis encontrados. Parece que a deficiência de vitamina D pode reduzir o anti-mulleriano em até 20%.

Para justificar, há receptores de vitamina D nos ovários, influenciando a produção de hormônios e o desenvolvimento folicular. Sabemos, inclusive, que deficiência dessa vitamina também aumenta chances de aneuploidias.

Além disso, a vitamina D influencia o padrão de #ovulação, sensibilidade da #insulina, produção hormonal, receptividade do #endométrio e manutenção da gestação.

Eu, como nutri, sempre oriento que minhas pacientes atinjam níveis mais elevados de vitamina D. Mais uma vez, aqui, vemos que só olhar a referência do laboratório, não adianta.

Procure manter um valor mínimo de 40 ng! Idealmente 60-80!

Leia Também:

Relação entre Bisfenol A e Endometriose

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Deseja receber notificações sobre as atualizações mais recentes? Sim Não