Como o Corpo pode Funcionar Melhor em Jejum

Como o Corpo pode Funcionar Melhor em Jejum – Por Stephânia Silveira

Anúncios

Vamos conversar um pouco sobre jejum? E mais especificamente sobre jejum intermitente.

Jejum intermitente é intermitente, tem alternância de dia. Isso quer dizer que não ocorre diariamente.

Voltando ao nosso tema:

Como é possível ter mais saúde sem alimentar o nosso corpo?

Anúncios

Chamamos isso de hormese. Um pequeno agente estressor que vai gerar adaptações, fazendo com que o corpo funcione melhor.

Isso beneficia diretamente as nossas mitocôndrias (estruturas produtoras de energia).

Ficar um tempo maior sem o alimento irá promover biogênese mitocondrial, aumentando nossa disposição e longevidade.

E não é só isso, todo o nosso trato gastrointestinal é beneficiado com um tempo maior de descanso, para recuperação de toda a mucosa que reveste esses órgãos.

Alguns estudos mostram também que com o jejum há uma maior diversidade e abundância de bactérias benéficas no intestino.

Anúncios

Além disso, pode favorecer pessoas em tratamento com quimioterapia, diabetes tipo II, problemas intestinais, controle do peso, melhora dos níveis de colesterol, aumento do metabolismo, em doenças cardiovasculares, problemas mentais, entre outros.

Muitos benefícios não é mesmo?

Por onde começar então?

Comece ficando 12 horas sem se alimentar, do jantar (mais cedo) até o café da manhã. Fique um tempo assim, para depois iniciar o jejum intermitente com segurança.

Para potencializar seis efeitos coma adequadamente na janela de alimentação.
Nada de besteiras!

Se cuida!

Leia Também:

Fasting Mimicking Diet – A Dieta que imita o Jejum de 5 Dias

Vote post

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe seu comentário:

Seja o primeiro a comentar!