Pular para o conteúdo

Como Substituir a Carne?

Por Sarah Queiroz – Por Como Substituir a Carne?

Essa é uma pergunta que recebo com muita frequência! Inclusive, esse pode ser o maior questionamento realizado pelas pessoas ao cogitarem a ideia de uma transição alimentar à dieta vegetariana.

Com isso, primeiramente é muito importante desfazer a ideia da carne como necessidade, o que foi popularmente enraizado em nossa cultura. Trata-se de uma mudança de concepções equivocadas que carregamos.

Definitivamente, este não é um alimento essencial para a sua saúde.

Ou seja, ela não possui nenhum nutriente que não possa ser facilmente encontrado em alimentos vegetais. Logo, não há necessidade de buscar uma substituição nutricional para ela.

Não há riscos em deixar o seu consumo, e os únicos efeitos colaterais são os diversos ganhos na sua saúde.

Deveríamos nos preocupar mais pela sua ingestão, e não por sua falta, uma vez que sua exclusão só atrai benefícios.

Em resumo, uma alimentação vegetariana bem feita, como qualquer dieta deve ser, com todos os grupos de alimentos integrais e em sua variedade, dispostos ao longo das refeições, é suficiente para garantir nutrição para todas as pessoas.

Este é um conceito inclusive apoiado pela Associação Americana de Dietética.

E se sua preocupação é garantir suficiente proteína, saiba que, leguminosas (feijões), castanhas, sementes, aveia, quinoa, trigo integral, entre outros alimentos, podem ofertar os aminoácidos essenciais que você precisa.

Embora esses sejam os mais ricos, todos os alimentos vegetais e integrais podem oferecer proteínas! O segredo é comer com variedade e integralidade!

Quem está nesse processo de transição alimentar comenta aqui em baixo: #estouemtransição

Leia Também:

Como Usar e Combinar os Temperos Naturais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Deseja receber notificações sobre as atualizações mais recentes? Sim Não