É comum Pacientes com Síndrome do Intestino Irritável terem SIBO?

Por Ligiane Loureiro – Nutri, cerca de 4% a 30% dos pacientes que apresentam Síndrome do Intestino Irritável manifestam o supercrescimento bacteriano no intestino delgado (SIBO).

Essa manifestação se dá naqueles indivíduos que apresentam anormalidades anatômicas no intestino, como anastomose íleo-transversa, estenose, fístula, motilidade lenta e defesa intestinal reduzida, caracterizada também por dor abdominal ou desconforto, inchaço e flatulência.

Pacientes com SIBO podem erroneamente serem diagnosticados com síndrome do intestino irritável, isso porque as citocinas imunomediadas, devido à mudança quantitativa nas bactérias luminais do intestino delgado, acabam por ter múltiplas ações, como secreção epitelial alterada, sinalização nociceptiva exagerada e motilidade anormal, confundindo com os sintomas da SII.

Já, aqueles que apresentam SII com predominância diarreica possuem mais frequentemente causas orgânicas incluindo a SIBO.

Em pacientes com SIBO, as bactérias fermentam os carboidratos vindos da dieta, causando uma produção de gás no intestino delgado. Esse acúmulo de gás resulta em inchaço e flatulência.

Além disso, essas bactérias podem produzir subprodutos tóxicos após essa fermentação, podendo danificar o revestimento interno do intestino, acarretando em um quadro de diarreia.

Como vimos, o diagnóstico pode ser facilmente confundido devido aos sintomas, e por isso, um acompanhamento minucioso deve ser feito com esses pacientes.

Você atende pacientes em que esse diagnóstico ainda não foi completamente fechado? Como você conduz o tratamento?

Doi: 10.3748 / wjg.v20.i10.2482
Doi: 10.5009/gnl16126

Autoria: @ligianeloureironutri
PhD em Ciências Nutricionais/ UFRJ
Idealizadora do Método DI.

Leia Também: Qual o Melhor Teste para SIBO?

 

*PDN

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário

*

Seja o primeiro a comentar!