Ferro e Pimenta Preta – Combinação Perfeita

Por Andreia Naves – Ferro e Pimenta Preta – Combinação Perfeita – O Ferro é o elemento mais envolvido no metabolismo celular, contribuindo fisiologicamente com o transporte de oxigênio, síntese de DNA, respiração celular e transporte de elétrons à nível mitocondrial.

No âmbito esportivo, dentre outros fatores, o Fe compõe a hemoglobina, um importante marcador da capacidade aeróbica. Por esse motivo, é essencial manter reservas deste mineral pensando em manter o desempenho esportivo.

Dessa forma, a nutrição esportiva vem estudando diferentes estratégias que possam tornar a suplementação de ferro mais efetiva. Entre elas, a administração de princípios ativos se destaca, uma vez que, por aumentar a biodisponibilidade do ferro suplementado, é possível reduzir a dose utilizada e, consequentemente, os efeitos adversos.

Anúncios

Nesse contexto, a piperina (composto orgânico presente na pimenta preta) pode ser útil.

O mecanismo de ação da piperina acontece através do estímulo de liberação de catecolaminas, gerando um efeito termogênico. Este efeito se dá nos enterócitos e é responsável pelo aumento da absorção de nutrientes. No entanto, a resposta termogênica mediada por catecolaminas é relativamente curta, o que torna a janela de absorção estreita.

Além disso, o uso da piperina estimula reações de metabolização, melhorando a biodisponibilidade de medicamentos que são metabolizados no fígado, aumentando sua meia-vida plasmática, retardando sua excreção e possivelmente aumentando seu potencial terapêutico.⠀

FERNÁNDEZ-LÁZARO, Diego et al. Iron and physical activity: bioavailability enhancers, properties of black pepper (bioperine®) and potential applications. Nutrients, v. 12, n. 6, p. 1886, 2020.

Anúncios

Leia Também: Anemia por Falta de Ferro, o que Fazer?

Vote post

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe seu comentário:

Seja o primeiro a comentar!