Não Existe Leite Fraco!

Não Existe Leite Fraco! Por Renata Paiva

Anúncios

“Seu leite é fraco”. “Você não tem leite suficiente para essa criança, dá logo fórmula”. “Tadinho, está chorando de fome! Dá uma mamadeira a ele”. “Mas você ainda amamenta essa criança?”.

Essas são algumas frases, mães e futuras mães, que são repetidas constantemente para todas as mulheres que decidem pela amamentação ou em continuar amamentando após um certo tempo de vida do bebê, mesmo sendo recomendado a amamentação exclusiva até os 6 meses e de forma complementar a alimentação, até os 2 anos.

Se você ouviu algum desses palpites, saiba que o seu LEITE NÃO É FRACO, é no composto do leite onde são encontrados diversos tipos de anticorpos específicos para cada criança, de acordo com as necessidades de cada bebê.

Além disso, ele também contém substância essenciais para a nutrição adequada dos pequenos.

Anúncios

O leite materno apresenta enzimas que criam camadas protetoras dentro, e uma das principais é a IgA secretora, cujo objetivo é compor a mucosa dos aparelhos respiratório e gastrointestinal do bebê, criando um ambiente hostil para os microorganismos aproveitadores que podem causar infecções.

Ou seja, o risco de contrair alergias, asmas e infecções intestinais, por exemplo, é bem menor.

O leite materno é um alimento completo e fabricado para cada bebê. O líquido é elaborado dentro do corpo humano com quantidade e tipos de anticorpos específicos de acordo com cada mãe, a depender o ambiente em que ela vive.

E é neste ambiente onde também se encontra o bebê, que, por sua vez, também recebe a “vacina” contra os meios externos.

Além dos diversos benefício para o bebê, também tem muitos benefícios para você mamãe, então toda vez que ouvir um comentários, desses saiba que está no caminho certo.

Se estiver com dificuldades na amamentação do seu bebê, procure ajuda de um especialista.

Anúncios

Se você já ouviu alguma dessas frases, mande pro maior número de pessoas que você conhece para acabarmos com o mito sobre a amamentação.

Leia Também:

Nutrição Materna x Sono Bebê

Vote post

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe seu comentário:

Seja o primeiro a comentar!