Pular para o conteúdo

Pé de Pitaya e Benefícios Intestinal

Confira as dicas do planteiro Emerson sobre a fruta pitaya.

A pitaya é originária da América Latina, mais precisamente de vegetação tropical, a pitaya, conhecida também como fruta-do-dragão, não é muito popular no Brasil.

Apesar disso, ela é rica em vitaminas, minerais e, especialmente, em fibras.

Apesar do seu aspecto exótico, sua polpa é ótima para ser consumida fresca ou em doces, sucos ou, até mesmo, em saladas. Os tipos mais cultivados no Brasil são as pitayas vermelha, amarela e branca. São ótimas escolhas para plantio, caso tenham sua manutenção adequada.

BÔNUS:

Para sua pitaya produzir muito, adube ela com adubos ricos em fósforo e potássio. Como por exemplo adubo de banana, fort frutas, npk 4-14-8 e torta de mamona. Faça uma variação adubando a cada 15 dias cada 1, sempre variando.

IMPORTANTE:

Depois que ela cresce, só vai produzir se você fizer a poda de interrupção, feita em apenas 1 corte.

Agora conheça os Benefícios da pitaya para Saúde Intestinal com a Carla Menna:

A pitaya é rica em fibras ajudando no funcionamento do intestino! Seu intestino abriga cerca de 100 trilhões de microrganismos diversos, incluindo mais de 400 espécies de bactérias.

Muitos pesquisadores acreditam que essa comunidade de microrganismos pode afetar sua saúde.

Como a pitaya contém prebióticos, ela pode potencialmente melhorar o equilíbrio de boas bactérias no intestino.

Os prebióticos são um tipo específico de fibra que promove o crescimento de bactérias saudáveis no intestino.

Como todas as fibras, seu intestino não pode quebrá-las. No entanto, as bactérias em seu intestino podem digeri-los. Eles usam a fibra como combustível para o crescimento e você colhe os benefícios.

O consumo regular de prebióticos pode reduzir o risco de infecção no trato digestivo e diarreia. O primeiro passo para o intestino saudável é a alimentação!

Veja Também:

Guia Completo dos Probióticos

Bolo de Frutas – Super Saudável!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Deseja receber notificações sobre as atualizações mais recentes? Sim Não