Pular para o conteúdo

Quem pode usar Maltodextrina?

Será que você pode e precisa usar?

Como falei no post anterior ela é orientada para quem pratica exercícios aeróbicos intensos, muitos treinos/competições, musculação ou para quem busca ganho de peso, a maltodextrina pode ser uma boa fonte de calorias.

Não existe uma contraindicação para o consumo da substância.

Mas por ter um índice glicêmico mais alto, que varia entre 85 a 105, pessoas portadoras de diabetes dos tipos I e II ou de qualquer outra condição ou doença, grávidas, lactantes, crianças e idosos precisam passar por uma avaliação e ser verificada a necessidade do uso desse suplemento.

O consumo em excesso da maltodextrina pode acarretar certos problemas.

Pode ocorrer um aumento na produção de insulina, em decorrência dos picos de glicose, o que favorece a hipoglicemia de rebote, por exemplo. Em doses muito altas também há o risco de diarréias, náuseas e vômitos.

O excesso do suplemento pode levar ao ganho de peso, porque #nutriçãoesportiva se os carboidratos da maltodextrina não são totalmente utilizados pelo organismo, o corpo os armazena em forma de gordura.

Para evitar estes problemas, é essencial consumir a maltodextrina somente com a orientação de uma nutricionista ou médico especialista.

Matéria da nutricionista Rafaela Rego

Leia Também: 

Creatina – aumento de força, resistência e hipertrofia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Deseja receber notificações sobre as atualizações mais recentes? Sim Não