Relação Especial – Vitamina D e Esclerose

A vitamina D vem sendo fortemente relacionada com doenças auto-imunes. Por isso resolvi trazer um estudo sobre este tema já que sabemos que na prática clínica a deficiência desta vitamina é muito frequente mesmo em indivíduos saudáveis.

Anúncios

Na esclerose múltipla (ES), por diversos fatores, ocorrem diferentes graus de incapacidade e de redução na qualidade de vida.

Os baixos níveis de 25-hidroxivitamina D (25OHD) podem ser um desses fatores, pois também podem contribuir para a inflamação crônica, desregulação imune e miopatia esquelética.

Apesar de termos estudos relacionando níveis de vitamina D com inflamação e hipertensão pulmonar, a relação de baixos níveis da vitamina com a qualidade de vida dos pacientes não havia sido avaliada.

Por isso, trago para vocês este artigo onde o objetivo foi analisar a correlação entre a vitamina D, parâmetros clínicos e a qualidade de vida em pacientes com ES difusa.

Foram avaliados parâmetros clínicos; capilaroscopia periungueal; densidade mineral óssea (DMO); exames laboratoriais do metabolismo ósseo: cálcio, fosfato, fosfatase alcalina, paratormônio, níveis séricos de 25OHD e cálcio urinário; e foram aplicados 2 questionários de qualidade de vida: o índice de incapacidade (DI) Health Assessment Questionnaire (HAQ) e o Short Form Questionnaire (SF-36), ambos validados para português, Brasil.

Anúncios

Curiosamente, este foi o primeiro estudo a revelar que a vitamina D está significativamente relacionada à vitalidade, ao aspecto social, à saúde mental e ao aspecto emocional na ES difusa. Assim há evidências que demonstram que baixos níveis de 25OHD podem contribuir para uma diminuição na qualidade de vida em pacientes com ES difusa.

Então pessoal, deixo para vocês mais esse embasamento para reforçarmos em nossas condutas a importância do manejo dos níveis séricos de vitamina D nos pacientes com doenças auto-imunes. Vamos levá-lo ao atendimento de nossos pacientes.


Matéria do nutricionista Gabriel de Carvalho

Leia Também:

Vitamina D e Reserva Ovariana

Vote post

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe seu comentário:

Seja o primeiro a comentar!