Sobre a Intolerância à Histamina

Sobre a Intolerância à Histamina – Por Stephânia Silveira

Anúncios

Está aí uma intolerância bem difícil de ser diagnosticada pela variedade de alimentos que contém histamina e pela diversidade de sintomas que pode desencadear.

Meu filho lida com essa intolerância e foi um logo período para descobrir isso.

A intolerância histamina surge devido a um desequilíbrio entre o acúmulo de histamina no organismo e a deficiência da enzima diamino oxidase, que a degrada.

A histamina é proveniente do aminoácido histidina encontrada em muitos alimentos.

Quando não há enzima o suficiente, pode haver acúmulo no organismo e desencadear respostas alérgicas diversas, desde:

Anúncios
  • dor de cabeça;
  • náusea;
  • vômitos;
  • cólicas estomacais;
  • sinusite, rinite e conjuntivite;
  • taquicardia e arritmia;
  • coceira, dermatite e muitos outros

Os alimentos que mais tem histamina são:

  • laticínios;
  • peixes e crustáceos;
  • clara de ovo;
  • carne processada;
  • vinho tinto e cerveja;
  • chocolate;
  • banana, morango, uva, laranja, abacaxi, kiwi, mamão, abacate e frutas secas;
  • tomate, berinjela, espinafre;
  • grão-de-bico e soja.

Assim, uma exclusão ou baixa ingestão desses alimentos, juntamente com a suplementação de micronutrientes pertinentes, podem eliminar os sintomas.

Gostou!
Compartilhe em prol da saúde de todos, ok!

Vote post

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe seu comentário:

Seja o primeiro a comentar!