Sobre Mucuna Pruriens

Sobre Mucuna Pruriens – Por Natália Marques

Anúncios

Da série Plantas Medicinais Ergogênicas

Mucuna pruriens é uma planta medicinal asiática tradicionalmente utilizada no tratamento do Parkinson.

Isso porque suas sementes são ricas em aminoácidos e L-dopa. A atividade da L-dopa age como modulador do eixo hipófise-pituitária-gonadal, contribuindo com o aumento nos níveis de testosterona, LH, dopamina, noradrenalina e adrenalina.

Essa ação traz benefícios no comportamento sexual, já demonstrado em participantes do sexo masculino que apresentavam disfunções de fertilidade. Inclusive, com redução de corticosterona, quando um dos gatilhos para a disfunção hormonal era o estresse mental.

Anúncios

Especificamente associado à atividade física, há escassez em publicações. Todavia, o pó da mucuna tem sido utilizado por praticantes de atividade física, em busca de melhora da testosterona e melhora de responsividade e recuperação muscular.

Considerando que é um modulador, o público alvo para essa possível ação são mulheres, homens acima dos 60 anos, homens com disfunções prévias.

Vale a pena sempre lembrar, que todas as plantas medicinais devem ser usadas pontualmente para sintomas agudos, que devem ser acompanhados por profissionais capacitados.

Quando utilizada de maneira prolongada, a Mucuna pruriens pode acarretar aumento de dopamina com quadros de agitação e hiperatividade.

Saiba mais:
Pannawat C et al. J Tradit Complement Med 12(4):402-413, 2021
Shukla KK et al. Fertil Steril 92(6):1934-40, 2009
Santos HO et al. J Ethnopharmacol 235:392-405, 2019

Anúncios

Leia Também:

5 Fitoterápicos para Endometriose

Vote post

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe seu comentário:

Seja o primeiro a comentar!