Top 5 – Estratégias Alimentares para a Inflamação Intestinal

Por Ligiane Loureiro – Descomplicando Intestino – Nutri, antes de tudo preciso fazer uma afirmação que você deve concordar: tudo começa com comida de verdade!

Anúncios

É importante termos esse olhar para estimular o consumo de alimentos que auxiliam na saúde intestinal, regulam a motilidade do trânsito intestinal, além de serem usados como substratos por nossas boas bactérias que os fermentam para que sejam produzidos metabólitos como os AGCC.

Para isso, é essencial entendermos que uma qualquer dieta que vá atuar na modulação intestinal, deve ter alimentos ricos em fibras, prebióticos e flavobióticos, além de alimentos com propriedades antioxidantes, entre outros.

Então fiz um top 5 de grupos de alimentos com esses benefícios (mas claro que existem muitos outros).

1. Aumentar consumo de alimentos ricos em fibras como aveia, linhaça, grão de bico, abacate, etc;
2. Incluir fontes de prebióticos como alho, aspargo, chicória, etc;
3. Adicionar nas preparações condimentos frescos ou secos como alecrim, tomilho, gengibre, curry, etc;
4. Aumentar consumo de alimentos ricos em polifenóis, como o pimentão, brócolis, uva, cenoura, etc.
5. Incluir alimentos que ajudam na digestão como o abacaxi, mamão e ameixa, além de chás digestivos como hortelã, camomila, erva doce, etc.

Anúncios

Me conta, quais desses alimentos você mais prescreve na sua prática clínica?

doi:10.3390/nu11071613

Autoria: @ligianeloureironutri
PhD em Ciências Nutricionais/UFRJ
Idealizadora do Método DI

Veja Também:

Cuidado com os Aditivos Alimentares

Vote post

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe seu comentário:

Seja o primeiro a comentar!