Coração de Galinha é Saudável?

Será que aquele coração que um dia já bateu de amor merece estar na sua dieta? Vamos a resenha.

Proteínas:

Assim como todo músculo, o coração é uma ótima fonte proteica, fornecendo 26g em 100g.

Os 3 aminoácidos em maior quantidade são o ácido glutâmico, aspártico e a leucina, enquanto os em menor são o triptofano, a cistina e a tirosina.

É importante falar que estamos diante de uma proteína completa com alto valor biológico.

Gorduras:

É um alimento com teor de gordura moderado, com 8g em 100g, uma quantidade menor do que a encontrada em 2 ovos, por exemplo.

Olhando mais de perto, a maior proporção é de gorduras poli-insaturadas, que representam 30,4% do conteúdo de gordura, seguidas pelas saturadas com 29,8% e monoinsaturadas com 26,6% (aposto que não sabia dessa).

Além disso, apresenta 242mg de colesterol em 100g, um pouco mais do que a quantidade presente em 1 ovo, e definitivamente, não há motivo para preocupações em relação a isso.

Nutrientes:

Estamos diante de um alimento muito nutritivo, com destaque para a vitamina B12, zinco, riboflavina, cobre, vitamina B5 e, principalmente, o ferro. E acredite se quiser, ele contém mais ferro do que o fígado. Enquanto 100g de coração oferecem 6,5mg de ferro, a mesma porção de fígado fornece 5,8mg.

Purinas:

Eles são ricos em purinas, um composto encontrado principalmente em carnes de órgãos. Embora as purinas sejam importantes para a síntese de DNA e RNA, bem como para a produção de energia, a sua quebra pode aumentar os níveis de ácido úrico. Embora o consumo de purinas não seja a principal causa do aumento de ácido úrico, é importante levar em consideração.

Coenzima Q10:

É uma das maiores fontes dietéticas de Q10, que é um antioxidante crítico que protege o nosso sistema cardiovascular e desempenha um papel importante na produção de energia. São 9,2mg de Q10 em 100g.

Meu Veredito? APROVADO!

Apesar de muito preconceito, principalmente pelas suas gorduras, ele definitivamente é um alimento saudável e pode fazer parte da dieta da maioria. Sempre com o bom e velho bom senso!

Curtiam desta análise? Que outro alimento vocês gostariam que eu desse algumas dicas. Deixem nos comentários.

Matéria do Nutricionista Felipe Rossini

Leia Também:

Feijão não Substitui a Carne

Carne Vermelha é Indigesta para Você?

Como Comer Bem Gastando Pouco Dinheiro

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário

*

Seja o primeiro a comentar!