Aguarde, carregando o site...

10 Dicas de Alimentação para Ciclistas

Nutricionista Explica a Importância do Carboidrato e Outras Dicas para Otimizar seu Pedal de Longa Distância. Confira abaixo as 10 Dicas de Alimentação para Ciclistas!

Anúncios

No mundo do ciclismo, a alimentação adequada é fundamental para garantir uma boa performance, resistência e recuperação. Em uma entrevista com a nutricionista Vitória, formada pela Universidade do Extremo Sul Catarinense e pós-graduada em nutrição esportiva, diversas dicas valiosas foram compartilhadas para ajudar ciclistas a otimizar sua dieta e, consequentemente, seu desempenho nos pedais.

1- Importância da Estrada e Suplementação

Vitória destaca que a suplementação durante o pedal deve considerar o tipo de estrada. “Em um pedal longo, o ideal é se alimentar a cada uma hora, ingerindo cerca de 30 gramas de carboidrato,” aconselha. Ela ressalta que terrenos diferentes exigem abordagens distintas. Por exemplo, um pedal em estrada de chão exige mais cuidado com a suplementação do que um em asfalto.

2- Ganhar Resistência e Potência

Para aumentar a resistência e potência, a nutricionista enfatiza a importância dos carboidratos. “Durante a semana, comece a fazer o estoque de glicogênio consumindo mais carboidratos. Isso é crucial para enfrentar pedais longos e intensos,” explica. A hidratação também é essencial, tanto antes quanto durante o pedal, para manter o corpo funcionando adequadamente.

3- Doces no Pedal

Quando questionada sobre a eficácia de consumir doces durante o pedal, Vitória recomenda sim o uso de alimentos como bisnaguinhas e paçoquinhas. “Eles fornecem energia rápida, ideal para momentos de alta demanda energética,” diz ela. Ela sugere, no entanto, a inclusão de opções saudáveis como mel e banana, que também são fontes rápidas de energia.

4- Prevenção de Cãibras

As cãibras são um problema comum para muitos ciclistas. Segundo Vitória, elas podem ser causadas pela deficiência de nutrientes como magnésio, cálcio e potássio. “Uma alimentação rica em oleaginosas, castanhas, água de coco e bananas pode ajudar a prevenir cãibras,” afirma. Em casos persistentes, é recomendável procurar um médico para verificar possíveis deficiências nutricionais.

5- Alimentos Ideais Durante o Pedal

Vitória sugere alimentos ricos em carboidratos de rápida absorção, como balas de carboidrato e outros doces, para dar um “up” durante o pedal. Ela alerta contra alimentos ricos em proteínas e gorduras, pois podem causar desconforto gástrico e não fornecem a energia rápida necessária durante a atividade física.

6- Evitar Desidratação

A hidratação é um ponto crucial discutido pela nutricionista. “Tomar pequenas quantidades de água frequentemente ajuda a manter a hidratação sem causar desconforto gástrico,” explica. Ela desmistifica a ideia de que tomar muita água durante o pedal pode desidratar, enfatizando a importância de uma boa hidratação antes, durante e após a atividade.

7- Pré-Treino Ideal

Para o pré-treino, Vitória recomenda evitar alimentos muito ricos em proteínas, como iogurte com cereal, e optar por carboidratos, como tapioca e pão integral. “Esses alimentos fornecem a energia necessária sem causar desconforto gástrico,” explica.

8- Evitar Emagrecimento Excessivo

Para ciclistas que desejam evitar emagrecer demais, a dica é consumir carboidratos e proteínas adequadas pós-treino. “Uma dieta rica em carboidratos após o pedal, combinada com proteínas, ajuda a manter a massa muscular e evita a perda excessiva de peso,” orienta.

9- Recuperação Rápida de Dores Musculares

Para quem sofre com dores musculares após pedais intensos, uma alimentação rica em magnésio, cálcio e vitaminas do complexo B pode ajudar na recuperação. “Alimentos como oleaginosas, água de coco e banana são excelentes para a recuperação muscular,” afirma Vitória. Ela aconselha procurar um profissional caso as dores persistam, pois pode ser necessário um acompanhamento mais detalhado.

10- Batata Doce como Fonte de Energia

A batata doce é recomendada por Vitória como uma ótima fonte de carboidrato para quem está iniciando nos treinos. “Ela fornece energia de forma sustentada e é uma excelente opção pré-treino,” diz. No entanto, ela alerta para o desconforto gástrico que algumas pessoas podem sentir e recomenda testar a tolerância individual a esse alimento.

Considerações Finais – 10 Dicas de Alimentação para Ciclistas!

Para finalizar, a nutricionista reforça a importância de uma preparação adequada para pedais longos. “A alimentação durante a semana e a hidratação constante são cruciais para garantir um bom desempenho,” conclui.

Para mais dicas sobre suplementação, Vitória anunciou que responderá dúvidas em um próximo vídeo, destacando a importância de seguir acompanhando seu conteúdo para obter informações valiosas sobre alimentação e suplementação no ciclismo.

Essas dicas valiosas de uma profissional experiente em nutrição esportiva fornecem uma base sólida para ciclistas que buscam melhorar sua performance e garantir uma prática segura e eficaz do ciclismo. Seguir essas orientações pode fazer toda a diferença nos resultados obtidos, tanto em pedais curtos quanto longos.

Por Victória Felisbino

Vídeo da nutricionista sobre Alimentação no Ciclismo

Botão Voltar ao topo