Brócolis é Tóxico para Tireoidites Autoimunes?

Por Camila Avelar – Muita gente me pergunta: “Camila, consumir brássicas pode piorar a função tireoidiana e ser tóxico nos casos de tireoidites autoimunes?

Anúncios

E vocês sabem por que essa pergunta é tão comum?

Porque os alimentos do grupo das Brássicas (brócolis, couve-flor, repolho, rúcula, couve, etc) são ricos em glicosinolatos, metabólitos secundários ricos em enxofre. E só lembrando que cada um desses alimentos possui concentrações e tipos diferentes de glicosinolatos…

O fato é que esses compostos tem propriedades fantásticas, mas ainda há muitos questionamentos sobre uma possivel toxicidade tireoidiana…muito se discute por exemplo, se o consumo diário e exposição a longo prazo a sulforafano, um tipo de glicosinolato, pode ser tóxico para tireóide e em casos de Tireoidites autoimunes

E hoje vou responder essa pergunta, comentando os resultados desse artigo interessante publicado ano passado. Pesquisadores avaliaram o efeito da exposição a longo prazo a uma bebida enriquecida com sulforafano e seu precursor glucorafanina, extraídos do brócolis, na função tireoidiana. Foram analisados marcadores bioquímicos de função e autoimunidade da tireoide em mulheres após 84 dias de exposição.

Anúncios

E adivinha?

Os níveis séricos de TSH, T4 livre, tireoglobulina não foram afetados pelo tratamento, nem o estado de autoimunidade tireoidiana dos participantes, mostrando uma possível segurança no consumo. Legal né?!

Mas como há sempre pontos a se discutir…corre lá no meu Telegram que vou falar mais sobre esse assunto. Link: https://t.me/NutricionistaCamilaAvelar

Leia Também:

Vote post

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe seu comentário:

Seja o primeiro a comentar!