Neoplasias de Cólon e Reto

Por Jaqueline Carlomagno – Neoplasias de Cólon e Reto

O câncer de intestino abrange os tumores que se iniciam na parte do intestino grosso chamada cólon e no reto (final do intestino, imediatamente antes do ânus) e ânus.

Também é conhecido como câncer de cólon e reto ou colorretal.

Estimativa de novos casos: 40.990, sendo 20.520 homens e 20.470 mulheres.

Número de mortes: 20.578; sendo 10.191 homens e 10.385 mulheres.

É tratável e, na maioria dos casos, curável, ao ser detectado precocemente, quando ainda não se espalhou para outros órgãos.

Grande parte desses tumores se inicia a partir de pólipos, lesões benignas que podem crescer na parede interna do intestino grosso.

Um dos fatores mais importantes para o desenvolvimento destas doenças estão relacionados aos hábitos alimentares.

Os fatores protetores mais eficientes são:

  • Atividade física;
  • Consumo de alimentos ricos em fibras, tais como frutas, verduras e legumes e cereais integrais.

Já os fatores que auxiliam a aumentar o risco de desenvolvimento são:

  • O consumo aumentado de carne vermelha, carnes processadas (mortadela, presunto, salsicha, linguiça, entre outros);
  • Bebida alcoólica;
  • Excesso de gordura abdominal e corporal.

Os sintomas mais frequentemente associados ao câncer do intestino são:

  • Sangue nas fezes;
  • Alteração do hábito intestinal (diarreia e prisão de ventre alternados);
  • Dor ou desconforto abdominal; fraqueza e anemia; perda de peso sem causa aparente;
  • Alteração na forma das fezes (fezes muito finas e compridas); massa (tumoração) abdominal.

No aparecimento de qualquer sintoma, procure ajuda médica, quando detectado no início pode ser curado! (FIBRE: INCA).

Leia Também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário

*

Seja o primeiro a comentar!