O Consumo de Álcool Depleta essa Vitamina

O Consumo de Álcool Depleta essa Vitamina – Por Gabriel de Carvalho

Os transtornos pelo uso crônico de álcool parecem ser a causa mais comum para a deficiência de tiamina.

Cerca de 80% das pessoas com alcoolismo crônico desenvolvem deficiência de tiamina. O etanol reduz a absorção gastrointestinal de tiamina, as reservas de tiamina no fígado e a fosforilação da tiamina.

Com a deficiência de tiamina, os níveis de lactato se elevam.

O problema é que é difícil saber se o paciente tem carência de tiamina. Os níveis de tiamina no sangue não são indicadores confiáveis do status da tiamina.

O status de tiamina pode ser medido indiretamente por meio do ensaio da atividade da enzima transcetolase.

O resultado mostra a extensão da insaturação da transcetolase com tiamina pirofosfato.

Níveis de 0% a 15% são encontrados em pessoas saudáveis, 15% a 25% em pessoas com deficiência marginal e superiores a 25% em pessoas com deficiência.

Outra medida comumente usada para o status de tiamina é a excreção urinária de tiamina, que fornece dados sobre a ingestão alimentar.

A excreção de menos de 100 mcg/dia de tiamina na urina sugere uma ingestão insuficiente de tiamina.

O conhecimento compartilhado ajuda o profissional a superar os desafios da prática clínica. Quando a informação é valiosa, compartilha!

Leia Também:

Ferritina baixa – socorro!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário

*

Seja o primeiro a comentar!