Como Minimizar a Exposição ao Alumínio

Por Adriana Siqueira (Academia Nutrição e Autismo) – Como Minimizar a Exposição ao Alumínio

Anúncios

COMO MINIMIZAR A EXPOSIÇÃO AO ALUMÍNIO?

Há evidências que demonstram que pessoas com Autismo, Alzheimer e Esclerose Mútlpla apresentam níveis elevados deste metal no sangue. Já falamos um pouco nos posts anteriores, sobre causas ambientais no Autismo e o que o Alumínio alto no sangue pode causar

Afinal, como nos intoxicamos? Separei alguns fatores para vocês:

  • Medicamentos;
  • Agrotóxicos;
  • Água;
  • Poluição;
  • Produtos de higiene corporal e maquiagem;
  • Utensílios de cozinha;
  • Peixes.

Mas o que pode ser feito para diminuir a exposição deste metal?

  • Verifique a água que está consumindo (uso de filtros);
  • Consuma alimentos orgânicos;
  • Use desodorantes naturais ou caseiros;
  • Substitua lâmpadas fluorescentes pelas de LED;
  • Evite industrializados;
  • Utilize potes de vidro;
  • Cuidado com o tipo de panela (vou falar sobre elas em outro post);
  • Prefira produtos naturais;
  • Pise na grama;
  • Cuidado com os fungos;
  • Desligue o seu wi fi durante a noite.

Você conhecia essas medidas? Adota em casa? Me conte aqui nos comentários!

Anúncios

Leia Também:

Mais sobre o Excesso de Metais Tóxicos

Nutricionista, Conheça o Curso Online Ao Vivo sobre suplementação no autismo.

Vote post

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe seu comentário:

Seja o primeiro a comentar!