Removeu a Tireoide? Veja o que Muda

Aconteceu! Você removeu a tireoide. Se acha que basta usar Puran, Synthroid, Levoid… Vem comigo que o buraco é mais fundo.

Anúncios

A 1 certeza é que você precisa repor os hormônios que sua tireoide produzia, onde o mais importante deles é o T4 (tiroxina). Essa reposição costuma ser feita na forma de tiroxina ou levotiroxina sódica.

Sua tireoide também produz T3, representando cerca de 20%, enquanto os 80% restantes são T4, que posteriormente se convertem em T3 em maior ou menor grau, dependendo de diversos fatores.

Como você não possui mais a tireoide, já está perdendo essa produção, o que significa que todo o seu T3 agora dependerá dessa conversão do T4.

E por que estamos falando do T3? Porque é ele quem manda. O T4 atua para se transformar em T3, que é o que suas células precisam.

Anúncios

Mas e se a conversão do T4 não ocorrer de forma eficaz? Acertou se pensou que vc terá níveis reduzidos de T3 e, consequentemente, sintomas!

Portanto, o objetivo aqui é fornecer todas as ferramentas necessárias para que seu corpo possa realizar a conversão do T4 em T3 de maneira adequada.

E quais são essas ferramentas?

Nutrientes! Para que ocorra a conversão de T4 em T3, precisamos especialmente de zinco e selênio. As principais enzimas que realizam essa conversão, chamadas desiodinases, são selenoenzimas, o que significa que são dependentes de selênio.

Uma vez formado, o T3 precisa se ligar ao seu receptor para desempenhar sua ação, e é aí que entram mais 2 nutrientes importantes: ferro e vit A. No entanto, o zinco é outro nutriente que auxilia nessa ligação do T3 aos seus receptores.

Anúncios

A vitamina A desempenha um papel crucial na ação hormonal periférica, e sua deficiência diminui a conversão hepática de T4 em T3, além de reduzir a captação e a ligação do T3 ao receptor.

E adivinha quem participa das reações enzimáticas necessárias nessa conversão? Ferro e zinco.

Falei mais sobre nutrientes, mas também existem outros fatores que influenciam nessa etapa, mas outro dia falaremos sobre eles.

Lembrando que esses pontos também são importantes pra quem possui hipotireoidismo.

Qual sua dúvida sobre Hipotireodismo? Vou responder as melhores nos stories!

Matéria do nutricionista Felipe Rossini.

Doi: 10.26444/aaem/112331.

Leia Também:

O Grande Mito – Brocolis x Tireoide

Patê da Tireoide

Tireoide de Hashimoto e Nutrição

Vote post

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe seu comentário:

Seja o primeiro a comentar!