Vitamina C e Redução da Toxicidade do Chumbo

Por Léo Borba

Anúncios

A vitamina C reduz a absorção e aumenta a excreção do chumbo, além de neutralizar espécies reativas de oxigênio induzida por esse metal tóxico.

Um estudo com 747 homens mostrou que aqueles que ingeriam menos que 109 mg/dia de vitamina C apresentaram um nível médio de chumbo no sangue 1,7 microg/dl maior do que os homens com ingestão superior à 339 mg/dia de vitamina C.

Já aqueles que ingeriam menos que 10,9 mg/dia de ferro apresentaram um nível médio de chumbo no sangue 1,1 microg/dl maior do que aqueles que ingeriam mais que 23,5 mg/dia de ferro na dieta.

Anúncios

A vitamina C também atua na conversão do ferro +3 em +2 que compete pela absorção com o chumbo por transportadores de metal divalente.

Um estudo muito maior de 19.578 pessoas, incluindo 4.214 jovens de 6 a 16 anos de idade, descobriu que concentrações séricas mais altas de vitamina C estavam associadas a concentrações significativamente mais baixas de chumbo no sangue.

Os jovens no tercil sérico de ácido ascórbico mais alto tiveram uma prevalência 89% menor de níveis elevados de chumbo no sangue em comparação com jovens no tercil sérico mais baixo.

Os adultos nos 2 tercis séricos de ácido ascórbico mais altos tiveram uma prevalência reduzida de até 68% de níveis elevados de chumbo no sangue.

Um estudo de intervenção em 75 fumantes adultos do sexo masculino descobriu que a suplementação com 1.000 mg/dia de vitamina C resultou na diminuição de 81% dos níveis de chumbo sérico durante um após 1 semana de tratamento.

A suplementação de vitamina D e a maior ingestão de cálcio foi associada a níveis mais baixos de chumbo ósseo (tíbia e patela).

Anúncios

Já se sabe dos efeitos maléficos do chumbo, como o aumento do risco cardiovascular, de câncer, de doenças renais e neurodegenerativas, redução do QI e anemia microcítica.

doi: 10.1001/jama.281.24.2289.

doi: 10.1080/07315724.1999.10718845

doi: 10.1093/oxfordjournals.aje.a009415

Leia Também:

Você Sabia – Vitamina C

Vote post

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe seu comentário:

Seja o primeiro a comentar!