Os Mitos sobre a Temida Diabetes

É comum eu receber pacientes recém diagnosticados com diabetes que estão perdidos quanto à sua alimentação. A primeira pergunta que me fazem é: Letícia, o que é que eu devo ou não comer?

Alguns deles, acabam confessando que buscaram informações no Dr. Google, o que é perigoso porque contém fontes duvidosas, conteúdos falsos ou até mesmo radicais.

Mas vamos lá! Deixa eu quebrar algumas barreiras e te contar alguns mitos sobre a alimentação do diabético:

DIABÉTICO NÃO PODE COMER NADA QUE VEM DEBAIXO DA TERRA

Um mito do radicalismo. Mesmo sendo alimentos ricos em carboidratos a Batata doce/ inglesa, mandioca, Inhame, cenoura, baroa, beterraba e outros, não só podem como devem ser ingeridos com moderação e procurar colaca-los em refeições que contenha proteína e gordura de boa qualidade para um bom equilíbrio.

É PROIBIDO COMER TODAS AS FRUTAS.

Mais um mito radical. Apesar de ricas em carboidratos, são alternativas saudáveis e podem ser consumidas em porções controladas. Prefira as mais fibrosas, como maçã, pera, limão e laranja. As com alto índice de gordura, como o abacate, também terão menor índice glicêmico e o carboidrato será absorvido lentamente.

Importante lembrar que frutas contêm açúcar, a frutose, e, quando consumidas em excesso, podem contribuir para o descontrole glicêmico. Por isso, recomenda-se o máximo de quatro porções diária.

MEL PODE SER INGERIDO LIVREMENTE.

Gente, apesar de natural, o mel tem alto teor de frutose e glicose e, logo, sua ingestão deve ser controlada e compensada dentro de uma dieta balanceada. Mesmo com índice glicêmico menor que o açúcar refinado, ainda pode causar alterações na glicemia e prejudicar o controle do diabetes.

DOCES SÃO COMPLETAMENTE PROIBIDO.

Fiquem tranquilos, que assim como as frutas, os doces podem ser consumidos com moderação. Porém, ainda precisam de maior atenção, uma vez que não apresentam quantidade considerável de fibras em sua composição. O excesso de glicose no sangue pode acarretar na oxidação excessiva de órgãos, sobretudo vasos sanguíneos, causando lesões renais e oculares, por exemplo.
O importante para o paciente com diabetes é o consumo consciente.

Matéria da nutricionista Letícia Fraga

Veja Também:

Xô Diabetes – 50 Receitas para Controlar a Glicemia

Erva pode Ajudar Contra Diabetes e Hipertensão

Qual a Melhor Forma de Prevenir o Diabetes Tipo II?

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário

*

Seja o primeiro a comentar!